Ultrassom odontológico: por que todo dentista precisa ter

Ultrassom odontológico: por que todo dentista precisa ter

16/09/2022 - Por: Samara Sampaio

O Ultrassom odontológico é um aparelho que emite vibrações de frequência superior ao nível de percepção humana, podendo chegar a até 32 mil vibrações por segundo.

Fique até o final para saber tudo sobre esse aparelho e por que todo dentista precisa ter!

O que é o ultrassom odontológico?

O ultrassom é um equipamento muito utilizado na Odontologia em procedimentos como: profilaxia (remoção do biofilme desmineralizado) e raspagem (remoção do cálculo dentário) e em outras áreas tais como: Endodontia, Prótese, Cirurgia e Dentística. O aparelho possui duas peças de mão, uma que dispensa o jato de bicarbonato e outra que recebe a ponta ultrassônica.

O jato de bicarbonato é uma mistura pressurizada de ar, água e bicarbonato de sódio, conduzida através de dutos até o bico da peça de mão, onde forma um jato uniforme utilizado para a remoção do biofilme desmineralizado.

O ultrassom emite vibrações físicas de partículas de matéria, similares às ondas sonoras e possui a capacidade de remover biofilme mineralizado (cálculo dentário) e manchas residuais.

Benefícios

Estudos comprovam que, mesmo que se faça uma excelente higienização da cavidade bucal em casa, com o uso do fio dental e a escovação, não é possível remover totalmente o biofilme dos dentes, formado por resíduos alimentares e bactérias. Com o tempo, esse biofilme se mineraliza devido ao acúmulo de minerais que estão presentes na saliva e forma o cálculo dentário que não é passível de ser removido com a escovação.

A visita regular ao cirurgião-dentista é indicada para que o profissional consiga remover o biofilme desmineralizado e mineralizado com o ultrassom odontológico.

Portanto, os benefícios da utilização deste equipamento no consultório envolvem a manutenção da saúde bucal dos pacientes devido à alta capacidade de remoção de biofilme e cálculo dentário e à agilidade no tratamento odontológico graças à sua facilidade de manuseio.

Além disso, as pontas ativas do ultrassom promovem o alisamento radicular, processo importante na manutenção da limpeza dos dentes.

Indicações

O acúmulo de biofilme e cálculo dentário causam doenças bucais como a cárie, a inflamação do tecido gengival (gengivite) e a doença periodontal caracterizada pela reabsorção óssea e consequente mobilidade dentária.

O ultrassom é o equipamento mais indicado no tratamento periodontal para a remoção de cálculo dentário em todas as superfícies dentais supra e subgengivais. É indicado no tratamento endodôntico quando há necessidade de remoção de instrumentos fraturados, de pinos intraradiculares, cimentos, etc.

Também pode ser indicado na Cirurgia, Dentística e Prótese em procedimentos como: micro retro cirurgia; preparos cavitários para restaurações; condensação de amálgama e guta percha; cimentação de inlays e onlays; remoção de pinos e coroas, dentre outros relacionados ao tratamento odontológico.

Contraindicações

O ultrassom pode ser contraindicado em casos de sensibilidade dentária, e nesses casos o cirurgião-dentista pode substituí-lo pela cureta manual de Periodontia para a raspagem do cálculo dentário.

O jato de bicarbonato pode ser contraindicado em pacientes que possuam alergia ao bicarbonato de sódio, devendo assim, ser substituído pela escova de Robinson no motor de baixa rotação associada a pasta profilática para remoção do biofilme.

Como usar o ultrassom odontológico?

O aparelho deve ser ligado a tomada e abastecido com água e bicarbonato de sódio em recipientes diferentes e próprios para cada material. Possui regulagem de intensidade de vibração e de volume do jato, sendo assim, o cirurgião-dentista pode regular e adequar a potência de acordo com cada caso.

As pontas do ultrassom possuem tamanhos, formas e indicações diferentes, são removíveis e devem ser trocadas e esterilizadas no final de cada atendimento.

Melhores marcas de ultrassom odontológico

Os melhores ultrassons do mercado são aqueles que proporcionam eficiência e maior conforto ao paciente durante a profilaxia e raspagem. Além disso, as pontas ativas não devem riscar ou martelar a superfície do dente. Os ultrassons da Saevo possuem essas características, com a ponta leve de fácil manuseio e a regulagem de potência, além de alta qualidade e tecnologia. Os quatro modelos mais vendidos das marcas estão descritos abaixo e todos acompanham três pontas ultrassônicas.

  • PROFI NEO

Equipamento da Saevo indicado na profilaxia, raspagem supra e subgengival e em procedimentos do tratamento endodôntico. Possui chave seletora para ajuste rápido da potência de remoção ou terapia endodôntica, com 4 níveis de rotação da bomba peristáltica.

  • PROFI CLASS

Além da alta capacidade de remoção de biofilme mineralizado e desmineralizado, o Profi Class da Saevo possui exclusiva tecla seletora de potência para pontas diamantadas utilizadas em Dentística.

  • SONIC DUO FIT

O Equipamento Sonic Duo Fit da Saevo possui ótimo custo-benefício e é destinado a auxiliar no tratamento odontológico. Possui a opção de 3 funções programáveis: Perio, Endo e Scalling.

  • SONIC DUO

Esse equipamento da Saevo possui funções semelhantes ao Sonic Duo Fit, além de possuir reservatório da bomba peristáltica (responsável pela irrigação das canetas).

Como é o funcionamento da caneta do ultrassom odontológico?

A vibração da caneta do ultrassom promove, por meio da agitação das partículas, a quebra do cálculo dentário facilitando a sua remoção e na Endodontia, essa vibração é indispensável na remoção de instrumentos fraturados e pinos intraradiculares.

O ultrassom possui peças de reposição?

A peças de reposição do aparelho de ultrassom odontológico incluem as pontas ultrassônicas, que devem ser encaixadas e removidas com a chave; a bomba peristáltica que deve ser trocada quando o sistema identificar o seu desgaste e sugerir a troca através de um aviso na tela; e as capas que protegem as peças de mão e podem ser removidas e esterilizadas para garantir maior desinfecção do aparelho no final do atendimento.

Compensa comprar um ultrassom odontológico usado?

Quando um profissional opta por adquirir um ultrassom odontológico usado ele acaba abrindo mão da garantia e do suporte que a empresa pode dar no pós-venda de um produto novo.

Além disso, não há garantia de que o profissional que manuseou o equipamento anteriormente tenha tido o cuidado necessário para o bom funcionamento do aparelho.

Considerando que o ultrassom odontológico é um dos equipamentos mais utilizados no dia a dia do consultório odontológico, é aconselhável que esses riscos de se adquirir um produto usado sejam considerados na hora da compra.

É necessário que o aparelho tenha registro na Anvisa?

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) é o órgão responsável pelo controle sanitário da produção e consumo de produtos e serviços submetidos à vigilância sanitária.

O registro de um ultrassom odontológico na Anvisa indica que este possui sua adequação à legislação sanitária reconhecida.

Para que os produtos sejam registrados, é necessário atender aos critérios estabelecidos em leis e à regulamentação específica estabelecida pela Agência. Tais critérios visam minimizar eventuais riscos associados ao produto. Sendo assim, é de extrema importância que produtos utilizados em meio médico e odontológico possuam seu registro na Anvisa.

Foto de Samara Sampaio

O Autor

Samara Sampaio

Cirurgiã-dentista e mestre em ciências odontológicas (UNIFAL-MG). Especialista de Produtos da área de peças de mão e periféricos na Alliage.

Veja mais de "Samara Sampaio" >

Leia também: