Radiografia periapical: tudo que você precisa saber!

Radiografia periapical: tudo que você precisa saber!

24/10/2022 - Por: Ademar Junior

A radiografia periapical é um exame de imagem muito usado na Odontologia para analisar a anatomia de um ou mais dentes, desde a coroa até a raiz, e também das estruturas adjacentes.

Esse tipo de radiografia pode ser usado para analisar todos os dentes, não importando qual seja sua arcada. Dessa forma, se torna um exame muito importante para a área da Odontologia.

Podemos destacar que a radiografia periapical é o modelo de exame de imagem mais usado pelos cirurgiões dentistas e é um método de radiografia intraoral.

Entenda mais sobre ela nesse artigo!

Radiografia periapical
Foto de uma radiografia periapical, via Wikimedia Commons.

O que é radiografia periapical?

A radiografia periapical é também chamada de “raio-x periapical”, e é um exame de imagem que utiliza raios x para mostrar toda a região de um dente.

Apesar de mostrar os dentes detalhadamente, as radiografias periapicais devem ser feitas de forma isolada, ou seja, abrangem apenas 2 a 3 dentes por imagem.

Por abranger poucos dentes por vez, caso um cirurgião-dentista veja a necessidade de radiografar todos os dentes nesse estilo de imagem, serão necessárias 14 imagens de radiografia para analisar todos os dentes da boca.

Apesar de ser possível analisar e gerar imagens de todos os dentes, as impressões da radiografia periapical costumam cobrir entre 2 e 3 dentes apenas. Dessa forma, para obter uma imagem de boca inteira, deverão ser feitas várias radiografias, e todas precisam ser anexadas em uma pasta.

Radiografia periapical digital

Há alguns anos, as radiografias eram realizadas de forma totalmente analógica, ou seja, era preciso um filme radiográfico para obtenção das imagens impressas.

Hoje em dia, o conceito de radiografia impressa mudou e o uso de um filme radiográfico não é mais necessário, pois as imagens são totalmente digitais e podem ser enviadas para qualquer dispositivo móvel, ou fixo,  como os computadores.

Essa mudança na obtenção das imagens trouxe melhorias tanto na vida do profissional, quanto  na vida dos pacientes e também serviu para reduzir os impactos ao meio ambiente.

Por não produzir resíduos, as radiografias digitais são totalmente sustentáveis e dessa forma ajudam na preservação do meio ambiente.

Além de ser sustentável, uma radiografia digital também possui resolução de altíssima qualidade, podendo ser melhorada com programas específicos para correção de imagens.

Elas também podem ser armazenadas com facilidade em pastas no computador ou em drives de arquivos específicos para essa finalidade.

Indicações da Radiografia Periapical

As radiografias periapicais são as mais usadas dentro dos consultórios e clínicas odontológicas.

Por serem amplamente utilizadas, essas radiografias possuem indicações específicas que geralmente são o  auxílio em um diagnóstico e a elaboração de um plano de tratamento adequado.

Entretanto, algumas das indicações específicas da radiografia periapical são:

  • Diagnóstico de cárie dentária;
  • Tratamento de canal ou desvitalização de dentes;
  • Detecção de lesões periapicais (ao redor da raiz dos dentes);
  • Diagnóstico de problemas nas coroas, raízes e osso alveolar;
  • Avaliação de perdas ósseas;
  • Visualização de obturações;
  • Diagnóstico de cistos, corpos estranhos e outros;
  • Auxílio no diagnóstico de trauma oclusal e muito mais.

Preparação para o exame

Apesar de ser um exame de imagem do tipo raio-x, ele não exige nenhum tipo de preparação, como jejum ou uso de determinados medicamentos.

Por não exigir preparos, a radiografia periapical pode ser realizada a qualquer hora do dia, desde que siga as orientações e cuidados no momento do exame, como retirada de objetos metálicos e correto posicionamento para a obtenção das imagens.

Radiografia periapical na gravidez

Apesar de muitas pessoas acreditarem que gestantes não possam fazer exames de radiografia, existem algumas exceções em que esse procedimento pode ser feito.

Caso se faça necessário, alguns cuidados precisam ser tomados. Dentre esses,  estão o aviso das gestantes ao médico e dentista sobre a gestação, e o uso de um colete de chumbo sobre a gestante no momento do procedimento.

Além disso, existe um limite de radiação que as gestantes podem receber. Dessa forma, elas devem informar ao cirurgião-dentista a última vez que realizaram esse procedimento, para que o mesmo possa avaliar se o procedimento é viável ou não naquele momento.

Execução da radiografia periapical

Para realizar o procedimento de radiografia periapical, alguns cuidados devem ser tomados para proteção do paciente. Ao chegar na clínica para realizar a radiografia periapical, você deve retirar do corpo todos os objetos metálicos, como piercings, presilhas, brincos, colares e pulseiras.

Após retirar tudo, o profissional irá colocar um colete de chumbo sobre seu tronco para proteger as demais partes do corpo da radiação. Além disso, uma proteção na região da glândula tireóide (pescoço) também poderá ser colocada.

Para o posicionamento no equipamento, você precisa seguir todas as regras citadas pelo operador do exame. O ajuste da cabeça será feito de acordo com o dente a ser radiografado.

Após posicioná-lo, um objeto chamado posicionador será colocado em sua boca, e nesse objeto está contido o sensor para obtenção das imagens. Após colocar o posicionador na posição correta, o paciente deve fechar a boca, encostando os dentes no posicionador.

Quando tudo estiver devidamente posicionado, as ondas de raio-x serão disparadas e você ouvirá um disparo/campainha que mostra que as imagens já foram capturadas. Para que as imagens fiquem perfeitas e com boa resolução, o paciente deve sempre permanecer imóvel durante a realização do exame.

Quanto tempo demora o exame?

As radiografias periapicais levam pouco tempo para serem executadas, e trazem diversos benefícios para os tratamentos dos pacientes.

No geral, seguindo criteriosamente todas as orientações dadas pelo profissional responsável, todo o procedimento leva em torno de 1 a 3 minutos  para se completar.

Outros exames intraorais

Assim como a radiografia periapical é considerada um exame intraoral, existem outros tipos de exames odontológicos que também entram nessa categoria.

Dentre os exames que podem ser considerados intraorais, podemos citar os seguintes:

  • Radiografia bite wing ou interproximal: é semelhante à radiografia periapical, porém é ainda mais restrita. Com ela é possível observar apenas as coroas dos dentes. As radiografias interproximais são muito usadas para avaliar cáries nos dentes.
  • Radiografia oclusal:  Nesse procedimento, a película radiográfica é colocada entre os dentes, ou seja, como se o paciente a mordesse. Essa radiografia é muito usada no despiste de raízes residuais, nos dentes inclusos e dentes supranumerários e muito mais.
  • Ortopantomografia ou radiografia panorâmica: exame que permite visualizar numa só imagem radiográfica todos os dentes, de ambas as arcadas dentárias e também algumas estruturas anatômicas adjacentes. Essa radiografia é usada para avaliação do tratamento ortodôntico, de uma doença periodontal,  de reabsorções ósseas, lesões periapicais, tratamentos endodônticos, dentes inclusos ou impactados, incluindo os dentes do siso e muito mais.

Quanto custa uma radiografia periapical?

Os valores das radiografias periapicais variam conforme a região do país em que você se encontra e da quantidade de concorrência existente em cada local.

Apesar disso, podemos dizer que os valores médios das radiografias periapicais estão entre R$25,00 e R$50,00.

F.A.Q

Para que serve uma radiografia periapical?

As radiografias periapicais servem para avaliar os dentes de forma detalhada, pois as imagens possibilitam que os cirurgiões-dentistas avaliem o dente como um todo, da coroa até a raiz.

Quando é indicado a radiografia periapical?

A radiografia periapical é indicada para casos em que os dentistas desejam avaliar minuciosamente os dentes, como em casos de cáries, diagnósticos diferenciados e planejamento de tratamentos específicos.

Qual o valor da radiografia periapical?

Os valores das radiografias periapicais dependem de vários fatores, mas podem estar entre R$25,00 e R$50,00.

Como se faz uma radiografia periapical?

A radiografia periapical é feita com o paciente sentado ou em pé de frente para a máquina, com um colete de chumbo sobre o peito. Um posicionador é colocado em sua boca e os disparos são realizados.

O que significa periapical?

O significado da palavra Periapical é “que está em ou é relativo à zona em volta da extremidade da raiz de um dente”.

Quais são as desvantagens das radiografias periapicais?

Uma das desvantagens da radiografia periapical é o fato de não poder ser feita uma única imagem de todos os dentes, ou seja, para avaliar todos os dentes é preciso produzir diversas imagens.

Como identificar o dente na radiografia periapical?

Para identificar o dente na radiografia periapical é preciso anos de conhecimento técnico, teórico e prático. Dessa forma, os cirurgiões-dentistas são os profissionais mais qualificados para avaliar as radiografias odontológicas.

O que é periapical de boca toda?

São as 14 imagens obtidas pelas radiografias periapicais para avaliação de todos os dentes da boca de forma criteriosa e detalhada.

Foto de Ademar Junior

O Autor

Ademar Junior

Administrador. Mestrando em administração. MBA em gestão empresarial. Especialista de Produtos da área de Imagem na Alliage.

Veja mais de "Ademar Junior" >

Leia também: