ATM e DTM: o que é cada uma e quais as causas, sintomas e tratamentos dos problemas na mandibula.

ATM e DTM: o que é cada uma e quais as causas, sintomas e tratamentos dos problemas na mandibula.

24/10/2022 - Por: Cassiano Pires

Identificar problemas na mandibula, como travamentos incomuns e dores persistentes, pode levar os pacientes a descobrirem enfermidades relacionadas a ATM (articulação temporomandibular). Tais patologias podem desencadear disfunções graves, se não tratadas em tempo hábil.

Assim, compreender o que as siglas ATM e DTM significam, identificar quais são as causas da DTM, principais sintomas, riscos e possíveis tratamentos é de extrema importância. Por isso, nesse artigo abordamos o tema de forma eficiente para que você encontre essas e outras informações pertinentes.

O que é a articulação temporomandibular (ATM)?

A articulação temporomandibular (ATM) é constituída de uma pequena parte, formada por ossos, ligamentos, menisco e musculatura. Ela está presente próximo do ouvido nos dois lados do rosto dos seres humanos.

Essa articulação tem como função a conexão entre a mandíbula e o osso temporal. Assim, auxilia no cumprimento de funções como a mastigação e a fala. Mesmo com um tamanho pequeno, possui uma importância gigantesca para a saúde do corpo humano.

O que é a disfunção da articulação temporomandibular (DTM)?

A sigla DTM (disfunção da articulação temporomandibular) diz respeito a problemas na mandíbula, que impedem o paciente de ter uma vida saudável, causando problemas crônicos na articulação temporomandibular (ATM) e dificultando processos simples do dia a dia.

Assim, o paciente que sofre com DTM, também conhecida como dor orofacial, pode apresentar enfermidades, como dores de cabeça, dificuldade para fechar e abrir a boca, mandíbula estalando, dor no ouvido, dor no pescoço, entre outros sintomas.

A DTM é uma disfunção comum, mas geralmente ignorada por aqueles que a desenvolvem. Isso porque, a maioria das pessoas desconhecem esse termo e seus transtornos a longo prazo.

Quais são as causas da DTM?

Infelizmente a DTM não é uma doença amplamente conhecida, o que prejudica a determinação de suas causas, para muitos casos registrados de problemas na mandíbula. Por outro lado, algumas das causas indicadas pelos especialistas no assunto apontam para:

  • Traumas na mandíbula;
  • Artrite na ATM;
  • Postura;
  • Características anatômicas relacionadas à formação da mandíbula durante o nascimento;
  • Hábitos como morder os lábios ou bochechas, apoiar a mandíbula nas mãos, morder pontas de caneta e roer as unhas;
  • Distúrbios do sono e dificuldade de dormir;
  • Estresse.

Por fim, pacientes que sofrem de Bruxismo, condição em que o ranger de dentes involuntário e contínuo, podem vir a apresentar problemas na mandíbula elencados como DTMs.

Sintomas da DTM

Os principais sintomas de problemas na mandíbula relacionados os distúrbios temporomandibulares são:

  • Dores ou limitação para abrir a boca;
  • Dor de cabeça;
  • Sensação de ouvido entupido;
  • Estalos e crepitação na articulação.

É importante salientar que esses sintomas podem estar relacionados a outros, o que irá dificultar o diagnóstico de ATM. Por isso, o indicado é ter acompanhamento odontológico periódico com um dentista de confiança.

Outros sintomas que podem ocorrer, em caso de DTM, são:

  • Dores no pescoço e nos ombros;
  • Mudança brusca no encaixe da mandíbula;
  • Sensação de “clique” ao abrir e fechar a boca;
  • Flacidez nos músculos da região;
  • Cansaço no rosto, principalmente ao mastigar.

Quais são os riscos da DTM? Que problemas bucais ele pode causar?

problemas na mandibula
imagem: pixabay

Dentre os principais riscos dos problemas na mandíbula ocasionados pela DTM, está a degeneração das articulações, que pode causar disfunções permanentes na mordida do paciente.

Além disso, as disfunções na ATM podem se relacionar com casos graves de depressão e ansiedade, o que agrava ainda mais os problemas na mandíbula.

Existe cura para disfunções na ATM?

Sim, existe tratamento para as disfunções na ATM. Um diagnóstico preciso desses problemas na mandíbula pode auxiliar no tratamento imediato e eficaz.

Ao consultar o dentista de confiança o paciente deve relatar de forma clara os sintomas que apresenta e colaborar para que o diagnóstico aconteça. Nesse sentido, é essencial a procura por um especialista no assunto.

Mesmo ao tratar os problemas na mandíbula desencadeados pela ATM, o paciente pode vir a apresentar crises de dor com o passar do tempo. Mas existem algumas técnicas muito simples que podem ser adotadas para driblar a situação.

Essas técnicas não são invasivas e ajudam os pacientes a conviver com a DTM com mais tranquilidade.

Como funciona o tratamento para DTM?

O tratamento para problemas na mandíbula deve ser multidisciplinar, segundo o cirurgião- bucomaxilofacial Dr Daniel Limoeiro.

Ainda segundo o especialista, tais tratamentos podem ser de ordem odontológica, fisioterápica e psicológica, este último com enfoque em casos raros e crônicos.

Dessa maneira, profissionais de diversas áreas, como a fonoaudiologia, endocrinologia, neurologia, entre outros, devem colaborar para tratar de forma multifatorial os sintomas apresentados pela disfunção temporomandibular.

Tratamentos para a DTM

Veja abaixo, alguns dos principais métodos de tratamento aplicados para a disfunção temporomandibular:

  • Fisioterapia;
  • Cirurgia;
  • Acompanhamento psicológico;
  • Exercícios para relaxamento muscular;
  • Compressas frias, para controlar a dor durante crises;
  • Placas de mordida;
  • Medicamentos, principalmente anti-inflamatórios.

Mitos e verdades sobre ATM e DTM

As mulheres são as mais afetadas pelas disfunções da ATM?

Verdade. Pesquisas demonstram que mulheres em idade fértil estão mais propensas a desenvolver problemas na mandíbula, relacionados às disfunções da ATM. Entretanto, essa doença não fica restrita a esse público e pode atingir pessoas de qualquer idade e gênero.

A cirurgia é a única solução para a DTM?

Mito. A cirurgia como método de tratamento da DMT é indicada apenas para pacientes com problemas graves na mandíbula. Para os demais pacientes, métodos multidisciplinares podem ser utilizados para proporcionar bem-estar e alívio.

Mas, para que a melhor decisão seja tomada, é preciso consultar um especialista!

Um estilo de vida saudável é o suficiente para prevenir a DTM?

Verdade. O aparecimento da DTM está relacionado a problemas de estresse e parafuncionais. Nesse sentido, ter uma vida saudável, praticar exercícios físicos, manter a postura correta e fazer terapia pode ajudar a prevenir o surgimento desta condição.

A DTM pode mudar o encaixe dos meus dentes?

Verdade. O paciente que sofre de DTM pode apresentar problemas na mandíbula como o deslocamento brusco e repentino da mesma, o que irá deslocar as articulações. Assim, a mordida desencaixada é um dos sinais que o paciente pode estar sofrendo com o distúrbio.

F.A.Q

Quais os sintomas de problemas na mandíbula?

Os principais sintomas de problemas na mandíbula incluem dores de cabeça, estalos ao abrir e fechar a boca, sensação de ouvido entupido, dor constante, entre outros.

O que causa problemas na mandíbula?

As principais causas dos problemas na mandíbula, dizem respeito a hábitos de vida não saudável, bruxismo, má postura, traumas, estresse, entre outros.

Como tratar problemas na mandíbula?

Para tratar problemas na mandíbula o paciente deve procurar um especialista, realizar os exames exigidos pelo profissional e seguir as orientações do mesmo.

Qual médico trata problema na mandíbula?

O profissional responsável por diagnosticar e tratar o paciente com problemas na mandíbula é o cirurgião-bucomaxilofacial.

Foto de Cassiano Pires

O Autor

Cassiano Pires

Cirurgião-dentista, mestre e doutorando em Endodontia (FORP-USP). Especialista em Radiologia e Imaginologia (AORP). Especialista de Produtos da área de Imagem na Alliage.

Veja mais de "Cassiano Pires" >

Leia também: