O que é um material odontológico? Aprenda como escolher seus materiais

O que é um material odontológico? Aprenda como escolher seus materiais

16/09/2022 - Por: Samara Sampaio

Na Odontologia, o cirurgião-dentista precisa de vários materiais para exercer as competências de sua profissão, tanto para realizar os procedimentos, quanto para se proteger durante o trabalho.

Um material odontológico é aquele utilizado justamente nesse contexto da prática da Odontologia, por isso é importante que o estudante de Odontologia conheça esses artefatos para saber suas finalidades. Vamos conhecer quais são esses materiais?

Quais são os materiais odontológicos?

Os materiais odontológicos podem ser classificados de forma mais genérica em:

  • Materiais descartáveis: são materiais que não podem ser reutilizados, porque entram em contato com soluções críticas como a saliva e o sangue do paciente;
  • Materiais de consumo: são materiais utilizados para realizar os procedimentos clínicos no paciente, como exemplo: resinas, materiais de moldagem, fios ortodônticos e entre outros.

Quais os materiais descartáveis essenciais no consultório?

Os materiais descartáveis mais utilizados no cotidiano do dentista são aqueles destinados à paramentação do profissional e do seu auxiliar. A paramentação é a etapa de vestimenta de acessórios e roupas que ajudam a proteger o dentista do contato direto com a saliva e com o sangue do paciente, além de também oferecer segurança ao paciente para impedir transmissão de infecções de forma cruzada.

Podemos citar como materiais descartáveis de paramentação:

  • Máscara
  • Gorro ou touca de cabelo
  • Luvas para procedimento
  • Capote ou avental cirúrgico

Além disso, existem também os materiais descartáveis que servem como barreiras de proteção na cadeira odontológica e equipo, como exemplo o filme PVC e sacos plásticos utilizados para cobrir as canetas odontológicas, seringa tríplice ou outra superfície. Há também os sugadores de plástico, que ficam em contato direto na boca do paciente para sugar a saliva e são acoplados numa mangueira da bomba à vácuo da cadeira odontológica.

Todos os materiais descartáveis devem ser eliminados ao final do atendimento, a fim de evitar a ocorrência de infecção cruzada, ou seja, do ambiente para o paciente ou vice-versa.

Quais são os materiais de consumo mais usados no consultório?

Os materiais de consumo são aqueles destinados a realização de um procedimento, como por exemplo: uma restauração de resina composta. Na restauração, os materiais de consumo utilizados são o sistema adesivo (ácido fosfórico, primer e adesivo) e a resina composta. Em alguns casos, pode-se também fazer uma camada de ionômero de vidro antes da resina ou até mesmo como material restaurador definitivo.

Outros materiais muito utilizados no cotidiano do cirurgião-dentista são:

  • Pasta profilática: utilizada para fazer uma escovação dos dentes do paciente com auxílio de uma taça de borracha ou escova de Robinson;
  • Flúor em gel: para aplicação tópica no paciente;
  • Materiais de moldagem: alginato e silicones utilizados para trabalhos em prótese e ortodontia;
  • Guta-percha: material utilizado para obturar os canais no tratamento endodôntico.

Esses materiais possuem data de validade e são repostos na medida que há necessidade. Isso vai depender da demanda do dentista e de quais procedimentos ele realiza com mais frequência em seu consultório.

O que precisa em um consultório odontológico?

material odontológico
imagem: Saevo

Para oferecer um serviço completo e de qualidade ao paciente, o consultório odontológico precisa de alguns equipamentos indispensáveis. Os aparelhos básicos para um consultório são: cadeira odontológica, autoclave, seladora, fotopolimerizador e compressor.

Além disso, um aparelho de raio X é um instrumento de grande utilidade no dia a dia do dentista, pois a radiografia é um exame complementar para o diagnóstico de muitas condições orais e também para o planejamento do tratamento, como em casos ortodônticos e de realização de tratamento endodôntico, o famoso “canal”.

Quais são os materiais utilizados na ortodontia?

A ortodontia é uma área da Odontologia que cuida da harmonia do sorriso, buscando colocar os dentes na posição correta e devolver ao paciente a estética, função e até mesmo a fonética correta. O posicionamento dos dentes no arco dentário é de muita importância para o paciente desempenhar com facilidade as suas necessidades e funções diárias.

Nessa especialidade, são utilizados materiais para as diferentes etapas do tratamento:

Primeira etapa – moldagem do paciente

Nessa etapa, o paciente terá seus arcos dentários moldados com o auxílio de moldeiras que podem ser de plástico ou metal. O material comumente colocado nas moldeiras é o alginato, que é um hidrocolóide que consegue copiar a anatomia da arcada do paciente.

Após a moldagem com alginato, esse molde receberá um gesso, o qual após ter presa irá representar o “modelo” do paciente. Esse modelo é a base para o estudo do tratamento ortodôntico e para acompanhar a evolução do paciente.

Segunda etapa – tratamento ortodôntico

Nessa etapa, são utilizados principalmente fios metálicos, que são encaixados nos bráquetes. O fio e o bráquete são mantidos em união com o auxílio de ligas de plástico. Os instrumentos utilizados para instalar os bráquetes e fio são os extratores de amarrilho e posicionador de bráquetes. Além disso, também podem ser utilizados anéis metálicos e aparelhos expansores de palato.

Terceira etapa – uso de contenção

A contenção é um dispositivo feito em resina acrílica ou em acetato. Ela funciona como um tipo de aparelho móvel, em que o paciente pode retirar da boca nos momentos de refeição, mas deve usá-la pelo maior tempo possível.

A função da contenção é justamente manter os dentes na posição deixada pelo tratamento ortodôntico, impedindo que volte ao estado da arcada antes do tratamento, sobretudo nos pacientes mais jovens e que apresentam maior chance de movimentação dos dentes.

É importante salientar que antes dessas etapas do tratamento e após sua finalização é muito importante ter o registro radiográfico do paciente. A radiografia indicada nesse caso é a panorâmica, que consegue captar os arcos tanto superior quanto inferior do paciente, além da estrutura óssea do terço inferior da face.

O que o estudante de Odontologia precisa ter?

O instrumental do estudante de Odontologia pode variar entre as faculdades, mas basicamente o aluno precisará dos materiais descartáveis e os materiais de consumo descritos acima, além de muitos outros instrumentos manuais e mecanizados necessários para a realização dos procedimentos, como exemplo: o kit odontológico, brocas e o kit clínico. Esse “kit clínico” é um instrumental básico para fazer o exame clínico do paciente, sendo composto por:

  • Uma bandeja
  • Espelho bucal
  • Pinça clínica
  • Sonda periodontal

Alguns equipamentos podem ser adicionados nesse kit clínico, dependendo do que o estudante estiver cursando.

Foto de Samara Sampaio

O Autor

Samara Sampaio

Cirurgiã-dentista e mestre em ciências odontológicas (UNIFAL-MG). Especialista de Produtos da área de peças de mão e periféricos na Alliage.

Veja mais de "Samara Sampaio" >

Leia também: