Instrumentais odontológicos: o que são e como funcionam esses equipamentos

Instrumentais odontológicos: o que são e como funcionam esses equipamentos

08/11/2022 - Por: Samara Sampaio

Os instrumentais odontológicos representam avanço e modernização no diagnóstico e tratamento oral de pacientes. Dessa forma, perpassam todas as especialidades, contando com modelos personalizados a depender de área definida.

Conhecer os instrumentais e suas aplicações é muito importante para compreender como eles são utilizados no dia a dia da clínica e como podem ajudar os dentistas e pacientes na busca por um sorriso saudável.

Nesse artigo você descobre o que são instrumentais odontológicos, como eles funcionam e de que forma podem ser organizados para os atendimentos.

Confira!

O que são instrumentais odontológicos?

Instrumentais odontológicos são objetos e equipamentos utilizados pelos dentistas para analisar e tratar os pacientes. Dessa forma, os instrumentais são muito comuns no dia a dia do consultório, sendo alguns deles utilizados em diversas especialidades.

Os instrumentais odontológicos vão do ortodontista até o implantodontista, como no caso dos instrumentos para exame clínico. Nesse sentido, objetos e equipamentos manipulados pelos dentistas são muito específicos, e tem como objetivo melhorar e aperfeiçoar a técnica desempenhada pelo mesmo.

As principais categorias de instrumentais odontológicos, são:

  • Instrumental para exodontia;
  • Procedimentos gerais;
  • Instrumental para endodontia;
  • Instrumental para periodontia.

Para auxiliar o dentista na manipulação desses objetos, o auxiliar de saúde bucal (ASB) ou auxiliar de consultório dentário (ACD) é treinado e capacitado para identificar rapidamente cada uma dessas ferramentas. Dessa forma podem “adiantar” o procedimento, montando bandejas de acordo com o tratamento que será realizado.

Instrumentais para exame clínico

Os instrumentais odontológicos para exames clínicos são itens básicos, presentes em todos os consultórios. Assim, tem como função a análise inicial da condição clínica na qual o paciente se encontra.

Veja os principais instrumentais para exames clínicos, nos itens abaixo!

Espelho clínico

O espelho é um objeto muito útil para a visualização da estrutura bucal completa. Desse modo, existem diversos modelos clínicos que possibilitam o aumento da imagem, contando com a superfície plana e cristal côncavo.

Nem todos os espelhos clínicos aumentam a imagem, dessa maneira, o modelo com cristal côncavo é o ideal para ampliar a imagem da cavidade bucal.

Para comprar um bom espelho clínico, o dentista deve levar em consideração os materiais, a resistência e a captação da luz. Nesse sentido, os materiais autoclaváveis, leves, resistentes e que não refletem a luz são as melhores opções.

Isso porque, para que o exame clínico seja realizado da melhor maneira, a imagem refletida no espelho precisa ser nítida, não apresentando sombras e nenhum outro tipo de distorção.

Sonda exploradora

A sonda exploradora é um tipo de instrumento odontológico básico, utilizada para processos de Endodontia na análise e entrada do canal radicular. Dessa maneira, o dentista pode verificar a existência de cáries e estudar a anatomia do dente.

Pinça clínica

Com a finalidade de proporcionar maior precisão para o dentista, a pinça clínica é utilizada para capturar materiais dentro e fora da cavidade bucal. Esses materiais podem se tratar de rolinhos de algodão, brocas, gases, entre outros.

Instrumentais para procedimentos

Os instrumentos para procedimentos são aqueles utilizados em pequenas e grandes cirurgias e em restaurações e atendimentos nos quais são necessárias aplicações de anestesia.

Seringa carpule

A seringa carpule é um tipo de instrumental que administra os anestésicos que serão aplicados no paciente. Assim, ela conta com um dispositivo de segurança que impede a aplicação acidental em vasos sanguíneos.

Para escolher a melhor seringa carpule, o dentista deve ficar atento à facilidade de manuseio e a possibilidade de utilizar qualquer tubete de anestésico nesse equipamento.

Escavador de dentina

O escavador de dentina é um aparelho de aço inox autoclavável que serve para limpar a câmara pulpar e remover a dentina cariada.

Nesse sentido, a restauração da dentina pode ser realizada através de produtos como o Hidrox de Cálcio Foto Biocal.

Espátulas

As espátulas são instrumentais odontológicos muito importantes, quando o assunto é a aplicação e manipulação de cimento e resinas. Assim, estão associadas a tratamentos de restauro e harmonização do sorriso do paciente, na maioria das vezes, nos casos de recuperação da coroa dentária.

Hollemback

O Hollemback é um instrumento amplamente utilizado na área de dentística, ou seja: é responsável por remover excesso de materiais e para esculpir algumas características anatômicas na dentição. Além disso, possibilita a inserção de produtos pastosos na cavidade dentária, como a resina, por exemplo.

Fórceps

O fórceps é um instrumento semelhante a um tenaz e serve para a remoção de dentes no público adulto e infantil. Por isso, conta com modelos específicos para esses diferentes públicos.

O design atribuído ao Fórceps é facilmente identificável, enquadrando-o em uma envergadura adulta ou infanto juvenil.

Cubas

As cubas são recipientes nos quais as medicações podem ser acomodadas, como o álcool iodado e o soro, por exemplo.

Elas se dividem entre modelos em borracha e inox, sendo o último adequado para a manipulação de determinados produtos odontológicos, devido a sua flexibilidade, que possibilita a melhor homogeneização dos mesmos.

Sugador

O sugador está presente na grande maioria dos procedimentos realizados no consultório odontológico. Isso porque ele serve para sugar a saliva e outros líquidos para fora da boca e facilitar o tratamento realizado pelo dentista.

Os sugadores podem ser feitos de metal ou plástico, como os de aço inox autoclavável e os descartáveis.

Como organizar instrumentos odontológicos

Os instrumentos devem ser colocados na bandeja de inox, a cada atendimento realizado. Assim, esses recipientes podem ou não contar com divisórias.

Após o procedimento, os instrumentais odontológicos precisam ser autoclavados e colocados em embalagens apropriadas, sendo alocados em um armário fechado.

Para que fiquem armazenados de forma prática, cole etiquetas e categorize-os de acordo com o seu nome e data de esterilização.

F.A.Q

Quais são os instrumentais odontológicos?

Existem diversos instrumentos usados no consultório odontológico. Entre os mais comuns, temos: o espelho clínico, a pinça clínica, a sonda exploradora, a cuba, os fórceps e as espátulas.

O que é instrumentais odontológico?

São objetos e equipamentos manipulados pelo dentista, na hora de avaliar e tratar os dentes de um paciente.

Quais são os materiais de Dentística?

Entre os principais materiais da dentística, temos o espelho clínico, a pinça clínica, a seringa carpule, o escavador de dentina, as espátulas, o hollemback e o fórceps.

Quais são os instrumentos críticos?

Os instrumentos considerados críticos no atendimento odontológico são: agulhas, seringas, materiais para implantes, instrumentos de corte ou pontiagudos, cinzel, raspador de curetas, alavancas, entre outros.

Foto de Samara Sampaio

O Autor

Samara Sampaio

Cirurgiã-dentista e mestre em ciências odontológicas (UNIFAL-MG). Especialista de Produtos da área de peças de mão e periféricos na Alliage.

Veja mais de "Samara Sampaio" >

Leia também: