Radiologia e Imaginologia: o que é e como funciona esta área?

Radiologia e Imaginologia: o que é e como funciona esta área?

16/09/2022 - Por: Ademar Junior

É muito comum ouvirmos falar sobre a radiologia, mas a imaginologia é um tema desconhecido por muitas pessoas, por mais que as utilizem no dia a dia. Dessa forma, os exames de imagem, seja nas clínicas ou hospitais fazem parte desse termo da medicina.

Então, esse artigo traz exemplos e principais características a respeito da radiologia e imaginologia, para que você conheça as técnicas empregadas nesse ramo, identifique os profissionais que atuam no mesmo e saiba como ela está presente nos tratamentos odontológicos.

O que é  radiologia e imaginologia?

Radiologia e Imaginologia nada mais é que o termo empregado a um conjunto de técnicas e procedimentos utilizados para realizar exames de imagem. Assim, verifica as estruturas internas do corpo, sem precisar de cortes ou cirurgias, através do uso de radiação, compostos químicos ou campo eletromagnético.

As tecnologias de imaginologia são muito avançadas e vem se modernizando a cada ano. Assim, na maioria dos casos, o paciente pode realizar o exame de forma rápida, prática, segura e o melhor de tudo, sem sentir dor.

Qual é a diferença entre a radiologia odontológica e a imaginologia?

A  radiologia e imaginologia representa um vasto campo de estudo acerca da produção de imagens do interior do corpo. A radiologia em si é uma das facetas desse campo, focada na obtenção de imagens através da radiação induzida.

Assim, não existe diferença entre a radiologia odontológica e a imaginologia. Na verdade, a radiologia odontológica é apenas um braço de estudo presente neste “guarda-chuva”, que conta com outros métodos como:

  • Ultrassonografia;
  • Ressonância Magnética;
  • Tomografia Computadorizada;
  • Medicina Nuclear, entre outros.

Os profissionais que trabalham com imaginologia se preparam através de cursos tecnólogos ou de pós-graduação na área, que tem duração entre 2 e 4 anos. Além disso, o tecnólogo em radiologia possui matérias de imaginologia em sua grade curricular.

Como funciona a imaginologia odontológica

A imaginologia odontológica utiliza técnicas de imagem para produzir fotos do interior do corpo humano. Assim, serão aplicados métodos de raio-x, tomografia, ultrassonografia computadorizada, entre outros, a fim de:

  1. Produzir um tipo de energia que interage com o corpo do paciente;
  2. Logo em seguida, o profissional irá captar a energia com aparelhos específicos e transformá-la em imagem;
  3. Tais imagens poderão mostrar claramente a anatomia de regiões faciais, como o maxilar, dentes, gengiva, mandíbula e etc;
  4. A partir desses exames, o especialista poderá diagnosticar diversas doenças.

Atualmente a imaginologia odontológica conta com exames de imagem analógicos e digitais, sendo esse último o que conta com a maior qualidade, rapidez e praticidade.

Um fato importante sobre a imaginologia odontológica é que além de proporcionar a descoberta de enfermidades, também cria um banco de imagens da arcada dentária do paciente, que costuma ser amplamente utilizado pela odontologia forense.

Nesse sentido, muitas vítimas de crimes e acidentes podem ser reconhecidas através do histórico de imagens de seus dentes, realizado pelos profissionais que trabalham com  radiologia e imaginologia nos consultórios.

Principais exames de imagens na Odontologia

Veja abaixo uma lista com os exames de imagem, frequentemente realizados nos consultórios odontológicos:

Exames extrabucais

Os exames de imagem extrabucais são aqueles realizados no exterior da boca do paciente. Assim, os mais comuns são:

  • Radiografia panorâmica: como o nome sugere, a radiografia panorâmica obtém imagens gerais da boca, captando estruturas como o maxilar, a mandíbula e arcada dentária;
  • Telerradiografia em norma lateral: este procedimento capta imagens das laterais do rosto do paciente. Assim, possibilita o diagnóstico de traumatismos, adenoides e outras patologias;
  • Telerradiografia póstero-anterior de crânio: para os pacientes que sofrem com mordida aberta, esse procedimento é comumente indicado para avaliar o tamanho do crânio e diagnosticar possíveis assimetrias, anormalidades nos seios da face e velamentos;
  • Radiografia de ATM: a sigla ATM significa articulação temporomandibular. Desse modo, a radiografia ATM investiga anormalidades presentes nesta região. Entre elas podemos citar os estalos ao abrir a boca e o ouvido com zumbido.
  • Idade óssea: uma medida tomada principalmente em relação ao público infantil e infanto juvenil, a medição da idade óssea ajuda a diagnosticar o atraso no desenvolvimento, através da radiografia realizada na mão e punho do paciente.

Imagens na Odontologia intrabucal

Imaginologia
crédito: freepik

Nesta modalidade são realizados exames de radiologia e imaginologia dentro da boca. Assim, tais procedimentos captam imagens tanto dos dentes quanto de outras estruturas internas. Veja abaixo:

  • Radiografia periapical: a radiografia periapical tem o objetivo de investigar a estrutura do dente, a polpa, a raiz e o entorno. Tem o objetivo de diagnosticar enfermidades acometidas por traumas, cáries, anomalias de desenvolvimento, fraturas, entre outros;
  • Radiografia interproximal: muito importante para identificar cáries impossíveis de serem vistas a olho nu, a radiografia interproximal é um exame de imaginologia que permite visualizar as estruturas entre os dentes do paciente;
  • Radiografia oclusal: esta técnica é utilizada para investigar áreas do vestíbulo, palatino e língua. Os especialistas costumam solicitar radiografias oclusais para analisar condições como dentes inclusos;
  • Tomografias: as tomografias possibilitam a realização de imagens em 3 dimensões, através do direcionamento de raio-x ou feixe cônico, no caso da tomografia computadorizada.

Ainda sobre as tomografias, algumas das principais aplicações na Odontologia são:

  • Tomografia de ATM;
  • Tomografia para endodontia;
  • Implantes;
  • Tomografias para ortodontia;
  • Avaliação de terceiros molares;
  • Tomografia para identificar patologias.

Fotos

Ao iniciar um tratamento odontológico, o paciente pode ter fotos tiradas de seus dentes. Tais imagens servem para a avaliação de assimetrias faciais, assim como o acompanhamento da movimentação sofrida pelos dentes, durante os tratamentos ortodônticos.

Mesmo que não seja um exame aprofundado, as fotos podem ajudar a criar um perfil eficiente do sorriso e posicionamento dos dentes.

Documentação ortodôntica

Por mais que a documentação ortodôntica não seja um exame propriamente dito, é a junção de modalidades e técnicas de imagem para documentar, diagnosticar e planejar o tratamento do paciente.

Dessa maneira, exames como panorâmicas, telerradiogradicas, radiografias periapicais, entre outros, podem ser solicitados pelo especialista, a fim de criar um perfil daquele que será atendido.

Outro recurso muito utilizado são as fotografias, principalmente quando se trata da aplicação de aparelho ortodôntico.

Recursos como esculturas 3D, radiografias e fotos são de extrema importância para o acompanhamento visual do tratamento aplicado pelo dentista, ajudando a definir melhores estratégias e reduzindo o tempo de uso do aparelho, por exemplo.

Como é a formação de imaginologia

O curso de imaginologia está disponível em nível de pós-graduação, para profissionais da área da saúde e tecnólogo, para pessoas graduadas no ensino médio.

O curso tecnólogo tem caráter de graduação, duração de 3 anos e proporciona a capacitação para atuar em procedimentos como tomografias, ressonância, radioterapia e outros. Além disso, esse profissional está isento de realizar diagnóstico e interpretação dessas imagens.

Já a pós-graduação foca em práticas e conceitos mais avançados, preparando o profissional para realizar diagnósticos com consciência e muita responsabilidade.

Em média, a duração da pós em imaginologia é de 10 meses, com muito foco na identificação de patologias e procedimentos de imagem para um resultado satisfatório e seguro.

Foto de Ademar Junior

O Autor

Ademar Junior

Administrador. Mestrando em administração. MBA em gestão empresarial. Especialista de Produtos da área de Imagem na Alliage.

Veja mais de "Ademar Junior" >

Leia também: