Exames para aparelho ortodôntico: entenda mais

Exames para aparelho ortodôntico: entenda mais

21/10/2022 - Por: Alliage

Antes de iniciar um tratamento com exames para aparelho ortodôntico, seja ele móvel ou fixo, é fundamental que o cirurgião-dentista ortodontista solicite uma série de exames odontológicos específicos.

Esses exames fazem parte da chamada documentação ortodôntica e eles servem para fornecerem informações importantes sobre as condições bucais do paciente para que o profissional consiga obter o diagnóstico e elaborar o plano de tratamento.

Os tipos de documentações ortodônticas variam de acordo com a quantidade de exames e de acordo com a solicitação do cirurgião-dentista, mas de maneira geral, os exames que fazem parte da documentação ortodôntica são: radiografia panorâmica, telerradiografia lateral, radiografias periapicais, radiografias interproximais, fotografias, modelos de estudo em gesso e registro de mordida em cera.

Radiografia panorâmica

A radiografia panorâmica ou ortopantomografia é um exame de imagem que utiliza radiação ionizante para produzir estruturas da cavidade bucal em uma imagem digital ou impressa em filme radiográfico.

Esse exame permite uma visualização ampla dos ossos da face e dos dentes, inclusive os que ainda não nasceram, pois engloba todo o complexo maxilo-mandibular.

Assim, o cirurgião-dentista consegue avaliar: as condições dos elementos dentários presentes na boca, os dentes que ainda irão nascer no caso de dentição decídua ou mista, se há dentes supranumerários inclusos, entre outros fatores.

Telerradiografia lateral

A telerradiografia lateral ou radiografia cefalométrica lateral é um exame radiográfico feito do perfil do paciente e através dele, é possível realizar o traçado e a análise cefalométrica.

A cefalometria ou análise cefalométrica é um estudo que, a partir do traçado cefalométrico e das medições lineares e angulares de pontos específicos, avalia o crescimento e o desenvolvimento dos ossos face, o posicionamento dos dentes e sua relação com as bases ósseas e o padrão dento-esquelético-facial do paciente.

Com base nessas informações, o cirurgião-dentista ortodontista pode escolher o melhor tipo de aparelho ortodôntico para corrigir as desordens relacionadas ao mal posicionamento das arcadas dentárias e dos dentes.

Radiografia periapical

A radiografia periapical é um exame radiográfico intraoral que permite a visualização dos dentes e suas estruturas de suporte com mais detalhes. Cada radiografia periapical engloba no máximo quatro dentes.

Na documentação ortodôntica geralmente estão incluídas duas radiografias periapicais da região dos incisivos centrais superiores e inferiores, que servem para permitirem uma avaliação da região anterior com mais detalhes, visto que, em alguns casos, essa região pode apresentar algumas distorções na radiografia panorâmica.

Alguns profissionais podem solicitar junto a documentação ortodôntica, o exame de levantamento periapical, que é composto por 10 ou 14 radiografias periapicais de todos os dentes presentes na cavidade bucal a fim de obter mais informações sobre as condições desses elementos dentários.

Radiografia interproximal

Assim como a periapical, a radiografia interproximal é um exame radiográfico intraoral e também serve como um exame complementar na documentação ortodôntica.

A radiografia interproximal é feita dos dentes posteriores (pré-molares e molares) e engloba somente a porção coronária dos dentes superiores e inferiores, com o objetivo de permitir uma avaliação detalhada dos tecidos que fazem parte da coroa e possibilitar o diagnóstico de possíveis cáries interproximais.

Fotografias

As fotografias intra e extraorais também fazem parte da documentação ortodôntica e possuem a finalidade de registrar e permitir o acompanhamento da evolução do tratamento.

As fotografias intraorais são aquelas que registram apenas os dentes e a mordida do paciente e elas são feitas da seguinte forma:

  1. Em oclusão (mordida fechada): fotografia do lado direito, de frente e do lado esquerdo.
  2. Com a boca aberta: fotografias oclusais do arco superior e do arco inferior.

As fotografias extraorais são feitas da face do paciente até a altura do ombro como se fosse uma fotografia 3×4, e são feitas da seguinte forma:

  1. De frente: uma fotografia do paciente sério e uma do paciente sorrindo.
  2. De perfil: uma fotografia do paciente sério.

Modelos de estudo

exames para aparelho ortodontico
imagem: pexels.com

Os modelos de estudo são reproduções das arcadas dentárias superior e inferior em modelos de gesso, com o objetivo de permitir ao profissional o estudo da mordida do paciente e da posição dos dentes.

Os modelos são obtidos a partir da moldagem dos arcos superior e inferior com um material odontológico específico. O material mais utilizado nessas situações é o alginato, também conhecido como “massinha”.

Nos moldes de alginato é colocado um gesso específico, manipulado com água em proporções corretas. Espera-se um período para o endurecimento do material e assim são obtidos os modelos de estudo em gesso.

Nos casos de modelos digitais é feito o escaneamento intraoral que substitui a moldagem. Essa técnica reproduz as arcadas dentárias em um modelo computadorizado tridimensional que pode dar origem a um modelo de resina utilizando uma impressora 3D.

Registro de mordida

Após a moldagem com alginato é comum os profissionais da Odontologia realizarem o registro de mordida. Essa técnica consiste em registrar as cúspides e incisais dos dentes no ato da mordida do paciente em uma cera específica.

Esse procedimento é rápido e, assim como a moldagem, totalmente indolor. A sua principal finalidade é permitir que o profissional possa avaliar com mais precisão a oclusão do paciente a partir dos modelos de estudo.

F.A.Q

 Quais são os exames para aparelho ortodôntico?

De maneira geral, os exames necessários para a avaliação prévia ao tratamento ortodôntico são: radiografia panorâmica, telerradiografia lateral, radiografias periapicais, radiografias interproximais, fotografias, modelos de estudo em gesso e registro de mordida em cera.

 O que precisa fazer antes de colocar aparelho nos dentes?

O primeiro passo é procurar um cirurgião-dentista para a avaliação geral da saúde bucal, após isso, deve-se fazer a documentação ortodôntica em uma clínica radiológica, conforme a solicitação do cirurgião-dentista ortodontista.

Quanto custa todos os exames para colocar aparelho?

O valor dos exames que fazem parte da documentação ortodôntica pode variar bastante, podendo ficar entre R$ 200,00 e R$ 500,00.

Como é feita a documentação para colocar aparelho?

Todos os exames que fazem parte da documentação ortodôntica podem ser realizados em uma clínica radiológica. O tempo total para a realização dos exames é em média de 30 minutos. Os exames são indolores e não exigem um preparo prévio, exceto a moldagem, que para sua realização recomenda-se um jejum de 2 horas.

Foto de Alliage

O Autor

Alliage

Alliage é uma empresa detentora de várias marcas no setor da Saúde, que conta com um know-how de mais de 75 anos de experiência.

Veja mais de "Alliage" >

Leia também: