Equipamento odontológico: quais são os principais itens para montar um consultório?

Equipamento odontológico: quais são os principais itens para montar um consultório?

08/11/2022 - Por: Samara Sampaio

O equipamento odontológico presente em qualquer consultório é vasto e custoso para grande parte dos dentistas em início de carreira. Mas com um bom planejamento, é possível adquirir os itens básicos e começar a trabalhar.

Neste texto, vamos mostrar quais são os produtos indispensáveis e onde você pode comprá-los com qualidade e bons preços. Acompanhe!

Quais os principais equipamentos odontológicos em um consultório?

Qualquer consultório odontológico que queira oferecer um atendimento básico, precisa contar com a maioria dos itens abaixo:

  • Cadeira odontológica, também chamada de equipo odontológico;
  • 2 mochos, que são aqueles banquinhos em que os profissionais se sentam. É preciso ter um para o dentista e outro para seu auxiliar;
  • Uma autoclave para garantir que os equipamentos sejam devidamente esterilizados, eliminando riscos de contaminação para o dentista e para o paciente;
  • Uma incubadora;
  • Compressor de ar;
  • Bomba à vácuo para sucção;
  • Fotopolimerizador;
  • Aparelho revelador;
  • Câmara reveladora;
  • Software para planejamento digital.

Qual item em um consultório odontológico tem um valor mais elevado?

O item que precisa de um maior investimento ao montar um consultório odontológico é o chamado equipo odontológico. Pois na realidade, esse equipamento é formado por diversas peças importantes:

  • Cadeira odontológica;
  • Refletor;
  • Unidade auxiliar;
  • Saídas de ar para o aparelho de baixa rotação;
  • Seringa tríplice;
  • Cuspideira;
  • Sugadores;
  • Controles manuais ou um pedal.

Qual equipamento odontológico exige maior cuidado na escolha?

A cadeira odontológica é um item que exige um cuidado especial, pois ela será utilizada a todo o momento, em quase 100% dos atendimentos.

Então, é importante que ela tenha características que permitam ao paciente se sentar de forma confortável, com um bom apoio para os pés, mãos e cabeça.

Essa ergonomia é essencial para que ele não se mexa durante o procedimento, permitindo que o dentista trabalhe de maneira mais precisa e ágil.

Além disso, o item precisa ser fácil de limpar e possuir iluminação suficiente para uma melhor execução dos atendimentos.

Qual a importância de ter instrumentos de qualidade?

Ao investir em bons instrumentos, o dentista vai garantir que ele possa trabalhar com a ergonomia necessária para evitar dores e outros tipos de problemas que podem surgir devido a movimentos repetitivos ou má postura.

Além disso, ele garante que o paciente se sinta mais confortável e tenha mais confiança no profissional por ver que ele investiu em equipamentos que parecem ser de qualidade.

Como abrir um consultório odontológico gastando menos?

Para abrir um consultório odontológico gastando menos, é preciso procurar por equipamentos que ofereçam um bom custo-benefício.

Os novos profissionais costumam buscar por itens seminovos a um bom preço. Mas é importante lembrar que a qualidade sempre deve vir em primeiro lugar.

Com uma pesquisa adequada é possível encontrar bons equipamentos usados, mas que estejam em perfeitas condições.

Ter em mente desde o início em que tipo de instrumentos se quer investir é essencial para tomar as melhores decisões.

A importância dessa fase de definição dos valores a serem gastos se torna ainda mais clara quando damos uma olhada nos preços praticados para um item básico de um consultório odontológico, como uma cadeira.

Um modelo usado é encontrado custando de R$ 5 a 7 mil. Já uma opção nova, mas básica, chega a custar de R$ 12 a 15 mil. Por fim, uma cadeira nova e avançada custa de 35 a 80 mil reais.

Embora os preços possam causar um espanto inicial, é importante que o novo dentista invista nos seguintes itens:

  • Cadeira;
  • Refletor de luz;
  • Unidade auxiliar básica com saída de ar comprimido para o aparelho de baixa rotação;
  • 1 seringa tríplice;
  • Uma cuspideira;
  • Comandos manuais e montagem do seu equipo levando em consideração o seu tipo de atendimento e o seu gosto pessoal. Uma sugestão é: estofado de massagem, refletor de led, unidade auxiliar com 2 saídas de alta e 2 de baixa rotação, 2 seringas tríplice, cuspideira em fonte e mocho em sela.

Para que servem os principais equipamentos odontológicos?

Agora que você já tem uma ideia do que comprar para o seu novo consultório, veja para que cada um desses instrumentos serve.

  • Compressor de ar: possibilita que o ar comprimido chegue até alguns instrumentos muito importantes em qualquer atendimento;
  • Bomba a vácuo: cuida de elementos que se originaram do processo de sucção;
  • Kit com caneta de alta rotação, micromotor e peça reta: nessas peças são ligadas as brocas e outros utensílios usados pelo dentista;
  • Ultrassom, jato de bicarbonato ou jato de glicina: importante para o processo de remoção de placa bacteriana, tártaro e limpeza geral da boca;
  • Cuba Ultrassônica: ajuda a remover contaminantes em uma das fases do processo de esterilização;
  • Seladora manual: essa ferramenta fecha embalagens contendo itens que serão usados pelos dentistas;
  • Autoclave: mata microrganismos, deixando os equipamentos esterilizados para uso nos próximos atendimentos;
  • Aparelho de RX: gera imagens para uma melhor observação da boca dos pacientes;
  • Câmara escura: usada para a revelação das imagens obtidas com o raio-x;
  • Câmera intraoral e câmera fotográfica: para registro e documentação dos casos;
  • Scanner e software digital: para planejamento dos casos.

Onde comprar os melhores equipamentos odontológicos?

A Saevo domina o mercado de equipamentos odontológicos quando falamos em alta qualidade aliada à tecnologia.

Ela produz uma gama enorme de produtos usados em consultórios de Odontologia para que você compre todos os equipamentos essenciais em um só lugar.

Além disso, o serviço de suporte e manutenção chama a atenção, já que eles são extremamente cuidadosos, o que é muito importante quando falamos em equipamentos que serão usados por muito tempo.

Como um dentista que está montando seu consultório deve proceder?

A primeira preocupação do profissional deve ser oferecer um atendimento satisfatório. Para isso, ele precisa investir em itens que permitam a realização de todos os procedimentos básicos.

Assim que for possível, o dentista pode investir em equipamento odontológico novo, mais modernos e de melhor qualidade.

Mas, para crescer de forma programada e sustentável é fundamental que todas as contas estejam na ponta do lápis. Assim, você sabe exatamente quanto dinheiro está entrando e quanto sai.

O próximo passo é traçar métricas e previsões sobre quando os investimentos começarão a ser lucrativos para que você possa se planejar e crescer cada vez mais.

Foto de Samara Sampaio

O Autor

Samara Sampaio

Cirurgiã-dentista e mestre em ciências odontológicas (UNIFAL-MG). Especialista de Produtos da área de peças de mão e periféricos na Alliage.

Veja mais de "Samara Sampaio" >

Leia também: